O caso Jobstwn

18 activistas, entre os quais Paul Murphy, deputado do Socialist Party, Irlanda estão acusados de “prisão ilegal” da ex-vice-primeiro ministra irlandesa e enfrentam a pena de prisão perpétua. Esta é uma clara tentativa da classe dominante irlandesa de criminalizar os protestos e lutas do trabalhadores e jovens irlandeses. A ter sucesso pode ser uma experiência a ser seguida por outros governos… QUE SE PASSOU 15 NOVEMBRO DE 2014 Na sequência da luta contra o duplo imposto da água, a taxa de água imposta pela troica FMI/CE/BCE, centenas de manifestantes espontaneamente fizeram um sit-down em Jobstown e protestaram contra a então … Continuar a ler O caso Jobstwn

EMERGÊNCIA: FAMILIAS, EM SITUAÇÃO INSUSTENTÁVEL, A SEREM DESPEJADAS ESTA SEMANA NO CONCELHO DA AMADORA

Por vê-mos, ouvimos e lê-mos, não podemos Ignorar, reproduzo o Comunicado de 4 Associações sobre a iminência de mais despejos no Bairro de Santa Filomena na Amadora. Este bairro, como outros bairros pobres da Grande Lisboa, têm sido alvo de … Continuar a ler EMERGÊNCIA: FAMILIAS, EM SITUAÇÃO INSUSTENTÁVEL, A SEREM DESPEJADAS ESTA SEMANA NO CONCELHO DA AMADORA

No Chile de hoje.. povo Mapuche oprimido

Não conhecia este povo até conhecer Celso Calfullan, um sorridente e combativo mapuche, que comigo partilha a luta pela Solidariedade e por uma Democracia Socialista no mundo. Ao longo dos anos, sejam os governos conservadores, sejam os pretensos governos de «esquerda» todos eles persistem na opressão deste povo. Mas onde há opressão, há resistência. Que não pode ser ignorada, porque vemos, ouvimos e lemos! LIBERDADE PARA TODOS OS PRESOS POLÍTICOPS MAPUCHES. Basta de provocações e encenações policiais, repressão e assassinatos. A luta Mapuche para recuperar seu território, pela justiça e liberdade, só obtém como resposta provocação policial, acusações forjadas, repressão e assassinatos … Continuar a ler No Chile de hoje.. povo Mapuche oprimido

CONTRA A PRIVATIZAÇÃO – TRABALHADORES PARAM A VALORSUL!

É necessário travar o desvario. A concretizar-se a privatização, as familias trabalhadoras e os pequenos empresários passaram a pagar a «peso de ouro» a matéria prima de um negócio lucrativo. Reproduzo o texto publicado pela União de Sindicatos de Lisboa – CGTP Os trabalhadores da Valorsul inciaram ontem uma greve de 4 dias, uma luta contra a privatização, contra os cortes e o congelamento dos salários, pela reposição dos descansos compensatórios e pelo cumprimento do Acordo de Empresa. A greve começou com uma adesão total dos trabalhadores e junto à central de São João da Talha, realizou-se uma concentração que … Continuar a ler CONTRA A PRIVATIZAÇÃO – TRABALHADORES PARAM A VALORSUL!