Está mesmo um frio de rachar…

Está mesmo um frio de rachar. As mãos, contudo, gritam sussurros nas cordas da guitarra e a música… Ah, a música flui como um rio de lava na tarde fria. Gosto de improvisar… sei lá… deixar-me ir na corrente e saltar e deslizar e estancar, como cavalo indómito no braço da velha guitarra. Mas o que gosto mais é das pessoas, de como elas reagem – ou não – à musica que lhes toco. Já sei que ser musico de rua é um merda… Isto é, nem sempre é bom, mas dá para a bucha e para as bjecas, para … Continuar a ler Está mesmo um frio de rachar…