Biblioteca Municipal da Nazaré: como abater-se a Cultura

Um povo inculto é submisso. Disso percebia bem Salazar, promovendo uma «educação» de “saber o nome e fazer as contas”.  Hoje os mecanismos são mais subtis mas têm um efeito semelhante. Hoje chama-se empresealização de serviços públicos que, posteriormente, podem ser descartados como não lucrativos ou demasiado onerosos. É este o argumento central da Empresa Municipal Nazaré Qualifica. É muito oneroso os 3700€/mês em salários de um Técnico Superior de Bibliotecas e Documentação e 3 Assistentes Técnicos de Bibliotecas e Documentação. É o argumento central para desmantelar uma equipe de trabalho e um serviço público. Mas desta vez, os trabalhadores não se … Continuar a ler Biblioteca Municipal da Nazaré: como abater-se a Cultura

Aos Professores e Educadores de Infância

Como trabalhador e pai, estive presente nas vossas grandes manifestações. Como sindicalista, representante eleito de trabalhadores, não posso deixar de ter em conta que os Sindicatos são estruturas colectivas de defesa dos interesses dos trabalhadores e suas famílias, posto que a defesa da Escola Pública e Democrática é uma tarefa não só dos professores, mas também dos funcionários públicos do sector da Educação e de todos os sindicatos já que são os nossos filhos que necessitam de uma Escola Pública, Democrática e de Qualidade. Continuar a ler Aos Professores e Educadores de Infância

Também eu tenho uma filha

Acabei de ler o texto de opinião da jornalista Graça Franco intitulado “Eu tenho uma filha” publicado no Público de hoje. A certa altura da sua crónica Graça Franco diz: “é sim crime não concentrar todos os esforços em combater as questões que estão na raiz dos verdadeiros problemas nacionais e que, infelizmente, continuam na base do sofrimento de muitas das mulheres incapazes de encontrarem alternativas a abortar. Opção muitas vezes forçada por uma série de condicionalismos de que acabam por ser vítimas. Combatê-los podia ser útil, positivo e mobilizador. A começar na luta contra a nova tortura e velha … Continuar a ler Também eu tenho uma filha