Pudessem ser aves

Pudessem ser aves,
quaisquer aves,
que abrem as asas e voam,
livres.

São contudo crianças
com a sina de viverem
sob o signo da opressão.

Não brincam,
ou quando brincam,
no seu maniqueísmo infantil,
estão do lado dos paus
e das pedras.

Do outro,
balas,
blindados,
a violência cega
do ódio.

Não lhes falem de paz,
aos meninos oprimidos,
pois são crianças e estão presas.

Falem-lhes antes de Justiça,
pois sem Justiça
não há Paz.

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.