Educação e barriga cheia

É no mínimo estranho que as propaladas refeições escolares estejam a ser remetidas para a esfera da “competitividade” e do “lucro”.

Em algumas escolas de Lisboa, crianças há que têm de passar a pagar 0,80€ por refeição visto que a verba municipal é insuficiente.

Contas feitas são “apenas 17€ e mais uns pózitos” que as famílias têm de despender.

O problema é que essa medida está a ser implementada em bairros onde a crise social é devastadora e em comunidades escolares cujas famílias são monoparentais ou mesmo crianças a guarda de avós que recebem o rendimento mínimo ou pensões extremamente baixas.

Donde vai começar a ser novemente frequente ver-se crianças sem comer nas escolas oficiais da capital.

São estas coisas que contribuem para a exclusão, digo eu

One comment

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.